• Menu
  • Menu

Em qual região de Malta morar?

Malta não é um país muito grande e quando intercambistas pensam em morar por lá a primeira opção que vem à cabeça é a capital, Valletta. E é claro que a cidade tem seus atrativos, mas outras partes do país também podem conquistar estudantes e profissionais que vão tentar a vida na Europa. A plataforma The Real Malta dividiu Malta em seis regiões principais e contou um pouco mais sobre cada uma delas.

sunrise-2160776_1920

Valletta é localizada do outro lado da baía da vila de Sliema. Preservada pela Unesco como patrimônio cultural, a cidade histórica se orgulha de seu passado, mas aposta no presente. Com aproximadamente 7 mil habitantes, a capital possui comércio, empresas e turismo em vibrante operação, o que pode funcionar como um atrativo. A região da capital também conta com vilas satélites, como Pieta e Floriana.

Próximo a Valletta, as vilas de Sliema e St. Julian’s, assim como outros pequenos vilarejos, compõem o porto de Malta. Com grande concentração de empresas multinacionais, restaurantes, lojas e serviços, a região atrai muitos moradores internacionais. Apesar de o custo de vida ser um dos mais altos, em comparação com outras partes da ilha, a costa a promove a união perfeita entre opções de trabalho e diversão.

Já o interior da ilha, por sua vez, é a região mais populosa, incluindo as cidades de Birkirkara, Mosta, Naxxar, Attard e Lija. O desenvolvimento no centro do país é significativo e uma das principais vantagens é o custo de vida, incluindo acomodação e compras, que costuma ser bem mais em conta. A distância da costa não costuma atrapalhar, sendo que o trajeto pode ser percorrido de carro entre 10 e 15 minutos ou até em uma hora nos horários de pico.

Descendo ao sul, pode-se encontrar as cidades de Birzebugga, Marsaskala e Marsaxlokk, assim como o Aeroporto Internacional de Malta. Menos turística e mais financeiramente acessível que a costa, a região também conta com diferentes opções de bares e restaurantes e a proximidade com o aeroporto é uma vantagem adicional. Já o norte do país pode ser dividido em duas grandes áreas: Bugibba & Qawra e Mellieha. As duas primeiras cidades, conectadas, formam um grande atrativo turístico perto do mar. Já a cidade de Mellieha se destaca pelo alto índice de qualidade de vida.  

gozo-3105847_1920Por fim, ainda existe a opção de morar na ilha de Gozo. A destinação é um lugar fantástico, com paisagens incríveis, mas pode não ser a melhor opção para quem está à procura de emprego, devido à distância até as principais cidades do país. Malta tem um cantinho que se adapta às necessidade de qualquer intercambista. Basta pesquisar bastante e se preparar para a mudança.

[button link=”https://www.enjoyintercambio.com/orcamentos/” (target=”_blank”) (size=”medium”) (style=”outline”)]Gostou do que viu? Solicite seu orçamento[/button]

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.