• Menu
  • Menu

Explore a cidade subterrânea de Valletta, em Malta

Localizada no Mar Mediterrâneo, a poucos quilômetros da costa italiana, Malta sempre se caracterizou por ser um posto estratégico para comerciantes e militares vindos da Europa, norte da África e Oriente Médio. Por isso, o arquipélago tem herança histórica e arquitetônica que remete a necessidade de proteção e fortificação. Um desses traços agora pode ser visitado: os túneis da cidade subterrânea de Valletta.

Incrivelmente, eles foram descobertos recentemente, em 2009, e até então estudados. Como o país é a Capital da Cultura na Europa para 2017, sessões de visitação extremamente limitadas serão abertas ao público. Se você estiver em Malta, pode acompanhar mais detalhes sobre quando as vagas serão abertas pela página do Facebook clicando neste link.

tuneis_malta

Mas o quê esperar? Trata-se de uma rede de túneis com drenagem própria que liga pontos estratégicos da cidade, construídos, segundo estimativas, no Século XVI. Trata-se de obra da Ordem de São João, uma das mais antigas organizações de cavaleiros ligados à Igreja Católica, responsáveis por garantir a segurança de Malta contra invasões turcas e de outros países em diversas oportunidades.

Além disso, há altares e inclusive objetivos como velas e utensílios domésticos pelos túneis, de acordo com reportagens. Os sortudos que conseguirem garantir o tour terão uma experiência única. Passagens subterrâneas não são incomuns em cidades antigas – Paris, por exemplo, lucra muito com o turismo em suas catacumbas. Malta pode seguir o mesmo caminho. Por enquanto, os passeios guiados são gratuitos.

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.