• Menu
  • Menu

Compras online podem ficar mais baratas em Malta e Irlanda

Intercambistas que adoram umas comprinhas online já perceberam que nem sempre o produto ideal sai pelo preço desejado. Isso acontece porque, apesar da convenção do euro, sites hospedados em determinados países europeus costumam cobrar mais caro de pessoas que estão comprando do exterior. Se o usuário está na Irlanda, por exemplo, e entra em um site francês, ele acaba sendo direcionado para uma página irlandesa, na qual os mesmos produtos são anunciados, só que com o preço mais alto. A boa notícia é que tudo isso pode mudar com novas regulações.

Segundo a plataforma Lovin Malta, o Parlamento europeu votou a favor de uma nova política de Mercado Digital Singular na União Europeia, medida que deve acabar com a prática conhecida como “geo-bloqueio”. Dessa forma, países como Malta e Irlanda não irão mais sofrer com a diferença de preços, podendo comprar online com valores equiparáveis aos dos países de origem dos produtos.

De acordo com uma pesquisa conduzida pela Comissão Europeia, atualmente pelo menos 63% dos sites europeus utilizam a prática do bloqueio para cobrar mais de seus usuários. A partir de dados como o endereço de IP do internauta, os e-commerces conseguem bloquear conteúdo ou direcionar o usuário para páginas específicas. O veto dessa prática pode levar ao acesso de produtos mais em conta em lojas online, desde equipamentos para casa à compra de eletrônicos e aluguel de carros na União Europeia.

A medida exclui empresas que comercializam materiais digitais em streaming, como Spotify e Netflix, contudo, quando colocada em prática, deve trazer benefícios para milhares de consumidores. A medida ainda precisa ser aprovada pelos Membros de Estado da União Europeia, mas a expectativa é que a regulação passe a ter validade ainda este ano.

[button link=”https://www.enjoyintercambio.com/orcamentos/” (target=”_blank”) (size=”medium”) (style=”outline”)]Gostou do que viu? Solicite seu orçamento[/button]

 

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.