• Menu
  • Menu

Banquete de cavaleiros será servido em Malta

Turistas e intercambistas que se interessam por gastronomia ficarão surpresos ao saber que a ilha de Malta vai oferecer um tipo de imersão culinária pouco explorada na região. O projeto que pretende resgatar parte da história do país por meio de refeições irá servir um verdadeiro banquete, vindo diretamente das mesas das afortunadas famílias maltesas do século 18. Promovida pela Autoridade de Turismo de Malta e pela instituição Heritage Malta, a iniciativa pretende atrair visitantes e encorajá-los a conhecer mais sobre a história da região.

O banquete será preparado de acordo com um minucioso resgate histórico e o menu completo se assemelhará às refeições degustadas na época, oportunizando uma experiência autêntica. Pesquisadores e chefs debruçaram-se sobre registros históricos e receitas para tentar reproduzir os pratos típicos da época e a missão não foi nada fácil.

Uma sobremesa popular, por exemplo, era o sorvete de Parmesão, e, de acordo com o jornal Malta Today, os chefs quebraram a cabeça para descobrir como tal sobremesa seria servida se na época não existia nem mesmo refrigerador para a produção e conservação de sorvetes. Outra prática que deixou os pesquisadores inquietos foi o uso da canela, já que o ingrediente não era encontrado na região de Malta. Por fim, descobriu-se que no século 18 barcos turcos costumavam ser roubados e entre os itens era encontrada a canela.

Além de explorarem o menu, os organizadores do projeto também analisaram registros em imagens e pinturas da época, para captar a essência de cada um desses banquetes. Segundo o curador de museu e um dos envolvidos no projeto, Liam Gauci, o cardápio oportuniza momentos de interação que abordarão a cultura de forma informativa, interativa e deliciosa. Se você está pensando em embarcar para Malta ou está na região, essa é uma experiência única que não dá para perder.

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.