• Menu
  • Menu

Irlanda pede uso consciente de água. Veja como

Pode parecer inimaginável, mas há partes da Irlanda que estão sob ameaça de falta de água. Em um país em que o índice pluviométrico costuma impressionar intercambistas e imigrantes, há partes da ilha com um menos chuvas do que o normal, e isso fez com que a Ervia, uma das companhias que cuida do abastecimento de água no país, emitisse alertas sobre o uso consciente de um dos recursos naturais mais abundantes por lá.

Três áreas estão ativamente sobre aviso: Galway, Westmeath e Donegal.  Nelas, os níveis dos reservatórios e de captação de água tem diminuído consideravelmente nos últimos nove meses – desde o último inverno, portanto. É hora de usar de forma mais consciente a água, o que não é a primeira necessidade em um país que sequer cobra conta de água de seus residentes.

Em qualquer lugar do mundo, no entanto, é importante gastar o mínimo de água possível. Não há motivos para desperdício. Eis as principais medidas a serem tomadas na Irlanda:

  • Procure vazamentos
    Eles são o grande vilão do desperdício de água, seja no Brasil ou em qualquer outro lugar. Se o lugar onde você mora tem vazamentos, tome uma atitude e concerte-os. Se você mora de aluguel, recomenda-se informar o seu landlord sobre o problema.
  • Feche a torneira
    Dica já conhecida da maioria dos brasileiros: ao lavar a louça, escovar os dentes e demais atividades envolvendo torneiras, jamais deixe a água correr livremente enquanto você não precisa dela.
  • Chuveiro x Banheira
    É muito comum que as casas irlandesas tenham banheiras. Normalmente, o chuveiro é colocado em cima da mesma, o que pode parecer curioso a princípio. Fato é que os irlandeses gostam de um bom banho de banheira. O problema é que ele gasta mais água do que usando o chuveiro, simplesmente. O consumo na banheira, em média, é de 80L, contra 49L no chuveiro.
  • Aproveite o maquinário
    Para lavar roupas ou se você usar máquina para lavar louça, utilize-as somente quando estiverem cheias. Isso diminui o número de lavagens e, por consequência, o volume de água utilizado.

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.