• Menu
  • Menu

Como funciona o estágio em grandes multinacionais na Irlanda

A Irlanda é considerada um pólo mundial em tecnologia e, consequentemente, palco para o desenvolvimento de grandes profissionais. O número de multinacionais no país atrai trabalhadores qualificados, inclusive do Brasil, e muitos deles encaram o ingresso em uma dessas empresas como uma oportunidade de ouro para investir na carreira. Como o processo seletivo é concorrido, e pessoas qualificadas não faltam, para quem está começando, o caminho mais eficiente para a tão sonhada vaga de trabalho seria a aplicação para uma seleção de estágio.

Multinacionais como o Facebook e Google, empresas com unidades na Irlanda, são muito lembradas pela atmosfera descontraída e visual diferente do tradicional. O ambiente diferenciado, contudo, não anula a carga de trabalho e as responsabilidades que esses profissionais carregam. É só pensar em nomes como Microsoft e Apple para se ter noção dos grandes projetos desenvolvidos e os estagiários também fazem parte desse processo. A plataforma estudarfora.org reuniu informações sobre programas de estágio em duas dessas grandes empresas e revela que as oportunidades podem ser muito bem aproveitadas.

A Microsoft, por exemplo possui processos seletivos específicos para estudantes latinoamericanos e costuma buscar profissionais ligados à áreas de tecnologia, como ciências da computação e engenharias. Depois de feita a seleção, entre aplicações e entrevistas por Skype, os contratados são chamados para trabalhar em áreas relacionadas à aplicativos ou mesmo para atuar na elaboração de dispositivos para a Microsoft. Mesmo se o estudante não for aprovado no processo, a empresa providencia um retorno ao candidato com pontos de aperfeiçoamento. Desta forma, é possível trabalhar em determinadas características para se sair melhor na próxima tentativa.

Muitas dessas empresas também auxiliam o candidato aprovado a chegar ao país de destino, como é o caso do Google. As entrevistas acontecem remotamente e, uma vez aprovado, o estagiário recebe assistência legal e auxílio de realocação, além de ajuda de custo com passagens aéreas. Quando chega à empresa, um mentor fica responsável pelo estagiário por aproximadamente 12 semanas para que ele possa conhecer o projeto no qual estará envolvido. Depois desse período, a autonomia de trabalho costuma ficar nas mãos do próprio estagiário, que encontra uma oportunidade única de aprendizado.

Trabalhar em uma dessas gigantes empresariais parece um sonho distante para muitos, mas, na Irlanda, esse projeto pode ficar muito mais perto de sair do papel. Investir no idioma pode se tornar um investimento profissional num piscar de olhos e o intercambista só tem a ganhar nesse processo.

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.