• Menu
  • Menu

Cinco coisas que irritam profundamente os irlandeses

Você já deve ter ouvido a fama irlandesa sobre seu humor, sua hospitalidade, sobre como é fácil conversar com eles e sobre a farra que, na ilha, eles definem com a palavra “craic”. Apesar dessa facilidade toda, é bom tomar cuidado para não ser indelicado, já que culturas têm diferentes hábitos. Algumas coisas, sim, irritam os irlandeses. O blog separa cinco delas.

  1. Referir a qualquer irlandês como britânico
    Essa é, sem dúvida, a ofensa indireta mais séria na ilha. Aquilo que chamamos de Irlanda é formalmente a República da Irlanda, a parte que se separou do domínio britânico em 1921, conseguindo a independência depois de sete séculos de submissão. Embora as relações diplomáticas e comerciais sejam as melhores possíveis, irlandeses têm uma rivalidade muito grande com britânicos – boa parte deles ainda esperam a devolução da Irlanda do Norte, seis condados ao norte da ilha que permanecem sob julgo da Grã-Bretanha.irishlista2
  2. Dizer “top of the morning”
    Trata-se de uma lenda que incomoda muito os irlandeses. Supostamente, eles diriam “top of the morning” como saudação de “bom dia”. A frase é usada como um clichê irlandês, e quem a diz normalmente tenta imitar o sotaque local – imitações normalmente não são bem-vindas, aliás. Eles não dizem “top of the morning”. Nunca disseram.irishlista3
  3. Dizer “Patty’s Day”
    São Patrício é o padroeiro da Irlanda, o santo responsável por levar o catolicismo à ilha. Por isso, em 17 de março é celebrado o St. Patrick’s Day, feriado nacional. Como modo carinhoso, os irlandeses referem-se a Patrick como “Paddy”. E ai de quem confundir isso com “Patty”, um apelido para o nome Patrícia. Aliás, muitas lojas e comércios irlandeses têm Paddy na composição do nome, tamanho o orgulho.irishlista4
  4. Falar mal do clima irlandês
    A lógica é a seguinte: o seu país é como um familiar qualquer. Você pode falar mal dele. Os outros, não. Os irlandeses adoram criticar o clima, eles têm expressões próprias para isso, além de ditados. Mas não se meta a reclamar das nuvens, da chuva, vai pegar mal.irishlista5
  5. Citar seus antepassados irlandeses sem saber de que condado eles vêm
    Essa atinge menos brasileiros, já que a presença de irlandeses é maciça em países como Estados Unidos, Austrália e Nova Zelândia. No mundo todo, 33 milhões de pessoas clamam ter ascendência irlandesa – o país passou por uma grande diáspora no Século XIX. Muitas pessoas se orgulham de ser irlandesas sem sequer terem pisado no país. Se você clama ser irish, precisa saber de qual condado seus antepassados saíram. Condados são as uniões federativas locais (como nossos estados, por exemplo), têm características e identidade própria e até certa rivalidade entre si.

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.