• Menu
  • Menu

União Europeia pressiona Irlanda por preços de aluguel

A Comissão Europeia criticou o governo irlandês por falhar na tentativa de conter a escalada dos valores cobrados por aluguel de imóveis no país, de acordo com o jornal Irish Times. Em relatório preparado recentemente, o órgão da União Europeia manifestou preocupação sobre os problemas que os irlandeses vivem com acomodação, o que tem levado ao aumento do número de desabrigados.

A comissão trata como urgente a necessidade de reformar o setor de aluguel de imóveis, algo que afeta profundamente imigrantes e intercambistas, que disputam acomodação muitas vezes com estudantes e irlandeses comuns. Uma das formas de influir sobre a questão é alterar o sistema de impostos sobre as residências, promovendo um uso mais eficiente dos espaços e o equilíbrio entre demanda e oferta.

A reavaliação dos impostos, no entanto, foi postergada pelo governo irlandês até 2019, decisão que não agradou nem um pouco aos representantes europeus. Outro foco de crítica foi a suspensão da cobrança pelos serviços de água, noticia pelo blog. A implementação de uma empresa que cuidasse da qualidade e garantisse a oferta de água foi uma das condições impostas pela União Europeia no acordo que decretou a ajuda à Irlanda a recuperar-se da crise econômica de 2008.

Apesar das críticas, houve também elogios, especialmente à impressionante recuperação econômica irlandesa – o país começa a se destacar, com oferta de emprego e a chegada de empresas multinacionais, especialmente no ramo de tecnologia, já que algumas como Google e Apple já tem base no país.

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

1 comment