• Menu
  • Menu

União Europeia condena Apple a devolver impostos à Irlanda

Uma decisão do órgão antitruste da União Europeia pode criar um problema para Irlanda e Apple. Isso porque a entidade analisou a oferta de corte de impostos feito pelo país à gigante tecnológica americana e concluiu que a empresa deve ressarcir o governo irlandês em € 13 bilhões, cerca de R$ 47 bilhões.

Foi justamente a possibilidade de corte drásticos de impostos que atraiu a Apple à Irlanda – a empresa tem base no país e gera muito empregos. O mesmo fenômeno foi visto com outras companhias multinacionais, como o Google.

De acordo com análise do órgão da União Europeia, entre 2001 e 2007 o governo irlandês isentou a Apple de impostos, fazendo com que pagasse 1% ou menos sobre seus lucros em território europeu no período entre 2003 e 2014. Apple e Irlanda ainda podem recorrer da decisão.

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.