• Menu
  • Menu

As tradições natalinas em diferentes países

O natal é uma das festividades mais globalizadas que existem e diversos países celebram a data. Diferentes culturas, contudo, cultivam diferentes tradições e cada país costuma ter maneiras específicas de passar a comemoração tão aguardada por muita gente durante o ano todo. Como o intercâmbio faz parte dessa troca de tradições e costumes, reunimos aqui algumas práticas natalinas comuns em diferentes países conhecidos pelos intercambistas. Se você está em algum deles, vale a pena incorporar o clima natalino e aproveitar o momento para também compartilhar com os moradores locais um pouco das tradições brasileiras. O importante mesmo é celebrar a data, da forma que for, com bons sentimentos e na presença de pessoas que nos façam bem.

  • Austrália: o destino tem uma semelhança única com o Brasil, que deixa as tradições australianas bem parecidas com as nossas. Em pleno verão, é difícil fazer o Papai Noel chegar todo agasalhado e falar de neve e frio parece sem sentido. Por essa razão, alguns corais de natal trocam essa parte das músicas por expressões típicas australianas. As casas costumam ser decoradas com árvores de natal e luzes e as vizinhanças possuem até mesmo competições para a votação da casa com a melhor iluminação natalina. A maioria das cidades conta com festivais e paradas de natal e o dia mais importante para eles é o 25 de dezembro, quando a data é celebrada com um tradicional almoço.
  • Canadá: o país conta com diferentes tradições, mas na maioria das casas os presentes são abertos na véspera de natal. As casas também são decoradas e a figura do Papai Noel é bastante presente nas celebrações. A cidade de Toronto, por exemplo, é conhecida por sediar um dos maiores e mais antigos desfiles natalinas. Muitas famílias possuem competições de assar biscoitos e o prato natalino mais tradicional costuma ser o peru.
  • Irlanda: existe uma antiga tradição em algumas casas irlandesas, na qual as pessoas colocam uma alta vela acesa no entardecer da véspera de natal junto a uma janela, para representar a luz de boas vindas à Maria e José. O banquete de natal inclui o peru, vegetais e um tradicional bolo feito com frutas secas e marzipã. Na mesa do natal, também são muito comuns os artefatos de papel conhecidos como crackers. Já o dia 26 de dezembro é conhecido como o St. Stephen’s Day e geralmente conta com partidas de futebol ou corridas para reunir a família.
  • Malta: com a maioria da população católica, o natal é uma data bastante representativa para a maioria dos malteses. As casas geralmente são decoradas com berços e figuras do bebê Jesus e cada residência conta com uma árvore de natal. Nas escolas, a tradição fica por conta dos concertos natalinos que podem incluir músicas tradicionais, mímica, poesia e recitais.
  • Reino Unido: a maioria das famílias celebra o natal junto de parentes e cada casa costuma ter uma árvore natalina, decorada geralmente na presença e com a ajuda de todos os familiares. As ruas da maioria das cidades são decoradas com luzes de natal e as crianças que acreditam no Papai Noel costumam deixar doces e licor para que eles possa se alimentar quando passar por aquela casa. Muitas também escrevem cartas para o Papai Noel, só que ao invés de mandá-las pelo correio elas são queimadas na lareira, para que o Noel possa ler a mensagem na fumaça. A principal refeição é geralmente no dia 25 de dezembro ao meio dia e as estatísticas mostram que não é comum se ter um natal branquinho nem mesmo onde se neva muito. O natal branco acontece a cada 4 ou 5 anos e para se ter neve realmente no dia de natal a espera pode levar até dez anos.

[button link=”https://www.enjoyintercambio.com/orcamentos/” (target=”_blank”) (size=”medium”) (style=”outline”)]Gostou do que viu? Solicite seu orçamento[/button]

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.