• Menu
  • Menu

Países ideais para mulheres que querem investir em uma carreira internacional

Os fatores que influenciam a decisão de enfrentar o mundo e se mudar para um país diferente são inúmeras e, muitas vezes, recorrentes. Uma delas é a questão profissional. De acordo com a instituição InterNations, uma a cada quatro mulheres se mudam para o exterior por questões relacionadas a trabalho e em uma pesquisa recente a plataforma apresentou os melhores destinos para mulheres que possuem o objetivo de crescer profissionalmente. O resultado do levantamento é apresentado pelo jornal Business Insider.

Para a alegria de intercambistas e profissionais que sonham em morar em países como Irlanda e Reino Unido, ambos os destinos aparecem na relação. Mulheres entrevistadas na Irlanda relataram possuir alta estabilidade no emprego e um bom balanço entre trabalho e vida pessoal. Já no Reino Unido a principal vantagem explorada por profissionais é a ampla diversidade de setores com oportunidades disponíveis. Outros destino popular entre estudantes e profissionais é a Nova Zelândia, onde o principal destaque é o aumento da qualidade de vida aliado a oportunidades de emprego.

No continente asiático, os destinos em destaque foram o Cazaquistão, Camboja e Myanmar, apresentando altos índices de satisfação entre profissionais que trabalham por lá. O Quênia também recebeu destaque na pesquisa, registrando um índice de uma em cada seis mulheres recebendo mais de $150,000 por ano, o que equivale ao dobro da média global. Já as mulheres que moram no Bahrein trabalham o menor número de horas em comparação com os outros países citados e consideram-se proporcionalmente satisfeitas com o balanço entre carreira e vida pessoal.

Os Estados Unidos também entraram na lista como um dos melhores destinos para mulheres que pretendem crescer profissionalmente, mas o primeiro lugar na relação ficou com o México. Dois terços das profissionais que vivem por lá disseram estar satisfeitas com sua atual situação no trabalho.

Para essa pesquisa, a InterNations entrevistou aproximadamente 7 mil profissionais femininas, exercendo sua profissão e morando em 168 países. Os melhores países foram definidos de acordo com critérios como a perspectiva de ter um salário mais alto ao voltar ao seu país de origem, satisfação com prospecções e projetos e o número de horas trabalhadas por semana.

[button link=”https://www.enjoyintercambio.com/orcamentos/” (target=”_blank”) (size=”medium”) (style=”outline”)]Gostou do que viu? Solicite seu orçamento[/button]

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.