• Menu
  • Menu

Irlanda pode ter “boom” de empregos

A recuperação da economia irlandesa e os estímulos prometidos pelo governo podem levar a um “boom” de empregos nos próximos anos. Em setembro, ao menos três medidas que devem empregar muita gente foram divulgadas pela imprensa local, nas mais diversas áreas, inclusive aquelas em que estrangeiros e intercambistas são comumente empregados: atacado e varejo, tecnologia de informação e hotelaria.

É o caso, por exemplo, da GE Pharmaceuticals, gigante europeia que deve abrir 500 vagas em Cork, de acordo com o jornal Irish Independent. A empresa espera investir € 500 milhões na construção de quatro centros de pesquisa, desenvolvimento e produção. Como consequência, espera-se que os setores de venda também cresçam.

Enquanto isso, as também farmacêuticas Mallinckrodt e Oneview Healthcare devem aumentar em 40 e 100 funcionários seus respectivos staffs na região de Dublin. Em Galway, a boa nova vem do setor de tecnologia: a MathWorks, empresa que desenvolve software, deve contratar 50 pessoas para seus escritórios locais. Só nisso são 600 empregos novos na Irlanda.

Enquanto isso, Limerick coloca em prática o ousado plano de ser a cidade irlandesa com melhor resultado após o Brexit – decisão tomada em referendo de tirar o Reino Unido da União Europeia, algo que teria profundo impacto na economia irlandesa. A cidade vai investir € 500 milhões em quatro áreas da cidade, com expectativa de novos 5 mil empregos em cinco anos.

Ainda que muitos desses empregos terminem fora do alcance de brasileiros e intercambistas por sua especificidade, as notícias são boas por si só: mostram uma Irlanda em evolução econômica, pronta para se reerguer definitivamente após a crise de 2008 e para enfrentar de frente os desafios da Europa pós-Brexit. Trata-se de um bom sinal.

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.