• Menu
  • Menu

EU desiste de implementar roaming gratuito

Os planos iniciais da União Européia de adotar roaming gratuito para chamadas telefônicas e uso de pacotes de dados entre os países componentes do bloco econômico foi cancelado para evitar abusos e uso indevido. A medida, que entraria em vigor em junho de 2017, previa o cancelamento de todas as taxas para usuários que utilizassem os serviços fora da área original de cobertura.

A União Européia, assim, atende a um pedido das operadoras, que temiam que seus clientes fizessem do roaming internacional um serviço fixo, comprando chips de operadoras estrangeiras e utilizando planos mais baratos do que os encontrados em seus países de residência. Na nova regra, usuários terão direito a 90 dias por ano de roaming gratuito, um limite que deve coibir o uso indevido do serviço.

Essa medida não tem efeito alto sobre intercambistas e estudantes, mas poderia gerar distorções na medida em que, apesar de pertencerem ao mesmo bloco, países europeus têm realidades econômicas bastante diversas. A decisão ainda chama a atenção para o fato de o roaming ser gratuito também para quem utilizar duas redes – a original e a estrangeira – no mesmo dia. Pessoas que têm trânsito diário entre países – entre Irlanda e Irlanda do Norte, por exemplo -, não serão afetadas.

Recentemente, a União Européia já havia reduzido drasticamente os valores de roaming e uso de internet entre os países componentes do bloco. Para quem gosta de viajar, esse não será um problema.

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.