• Menu
  • Menu

Estudante é vítima de racismo em Dublin

O racismo é uma das grandes chagas da humanidade, algo que vem sendo combatido a séculos, e que dá as caras em todos os países do planeta. Na Irlanda, não é diferente. Na última semana, um estudante sul-africano ganhou os jornais ao denunciar atitude racista dos seguranças de um pub de Dublin, que não o deixaram entrar no estabelecimento por sua cor de pele negra.

Anathi Phela e Ezile Mhlambiso, ambos sul-africanos, estavam juntos no momento do ocorrido. Anathi está na Irlanda para estudar Lei Criminal Internacional e Criminologia pelo programa de estudos Erasmus World, que leva estudantes para períodos fora de seus países, sendo a Irlanda um dos principais deles. A bolsa foi descrita pelo jornal Irish Independent como de grande prestígio, pois dá vaga na University College Dublin.

Anathi e sua amiga foram impedidos de entrar em um pub não-identificado na região do Temple Bar, local boêmio da capital irlandesa. Quando perguntaram sobre os motivos, ouviram que negros não poderia frequentar o local. Ambos se dirigiram diretamente à delegacia para fazer denúncia, e agora devem prestar depoimento para ajudar a investigação.

Anathi disse à publicação estar decepcionado, porque sua visão geral é de que a população irlandesa é muito simpática e amigável. Declarou, também, que foi a primeira vez que vivenciou o racismo no país. o governo irlandês investe no combate a atitudes como essa, e é comum ver, espalhados em locais públicos, cartazes incentivando a denúncias.

Intercambistas ou qualquer pessoa que seja vítima ou testemunhe racismo no país deve denunciar o ocorrido às autoridades. Um dos principais meios de fazer isso é pelo site iReport, que pode ser encontrado neste link.

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.