• Menu
  • Menu

Em novo reajuste, IOF para moeda em espécie vai a 1,1%

Já está valendo o reajuste determinado pelo governo brasileiro para aquisição de moeda estrangeira em espécie. A alíquota, que era de 0,38% até o início do mês, passa a ser de 1,1%, aumento que deve gerar arrecadação anual de R$ 2,377 bilhões. O objetivo anunciado foi de equilibrar a tributação, reduzindo a diferença em relação à compra de moeda através de cartões.

Na prática, ainda é mais barato comprar moeda em espécie, já que a compra por cartão de crédito, débito ou travel card tem IOF de 6,38%. O problema é que, desta forma, o intercambista – ou viajante – fica vulnerável a roubos, por exemplo. A taxa utilizado quando a compra não é feita em espécie não sofreu alteração pelo Ministério da Fazenda. Lembrando que o governo brasileiro dá isenção de taxas para gasto com educação em países estrangeiros.

Se você está se preparando para fazer intercâmbio ou viajar, a saída é comprar moeda diretamente com conhecidos que tenham dinheiro em espécie disponível ou ficar de olho diariamente na cotação, adquirindo aos poucos o valor que precisa.

 

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.