• Menu
  • Menu

Cinco razões gastronômicas para visitar a Irlanda

Você já deve ter ouvido falar da cerveja e do whiskey irlandês, das maravilhosas paisagens com todos os tons de verde possíveis e dos locais históricos, urbanos e rurais. Essas são boas e comuns razões para visitar a Irlanda. Mas há também a subestimada gastronomia local, que vai muito além do amor por batatas – uma piada histórica na ilha. Em pesquisa do governo, identificou-se os cinco motivos mais comuns para curtir o país em roteiros ligados a comida.food festival

  1. Visitar um produtor local
    Refere-se a visitar algumas das centenas de fazendas irlandesas, uma boa oportunidade para checar também as paisagens, além dos animais criados. Mais interessante é a chance de conhecer as oyster farms ou smokehouses. Uma boa pedida é a Carlingford Oyester Company, ao norte de Dublin, às margens do Carlingford Lough, lago que se conecta com o mar. É onde as ostras são produzidas. Ou então a Burren Smokehouse, ao sul de Galway, visita que pode ser combinada com a ida aos Cliffs of Moher e uma boa chance de degustar peixe defumado.
  2. Visitar uma destilaria de whiskey ou cervejaria
    Programa clássico da Irlanda, seja nas grandiosas Guinness e Jameson, em Dublin – duas das mais procuradas atrações turísticas do país -, ou nas menos, mas igualmente saborosas Smithwicks, em Kilkenny, ou Franciscan Well, em Cork. São dezenas delas por todo o país.
  3. Participar de um food trail
    Como em um pub crawl, visita-se diversos restaurantes para ter uma noção do potencial gastronômico irlandês. Prepara-se para provar muita coisa boa. Tente o Taste Kerry, em Tralee, no condado de Kerry, ou o Delicious Dublin Tours, na capital
  4. Participar de um festival gastronômico
    Mais uma vez, diversas opções estão disponíveis por todo o ano. Desta vez, vale ficar atento ao condado de Cork – Cork City é considerada a Capital da Comida na Irlanda. Festivais como o Taste of West Cork e o Kinsale Gourmet Festival são muito bem cotados nesse aspecto.
  5. Participar de um urban walking food tour
    Opção mais genérica, geralmente associada a outras atividades turísticas. Trata-se de simplesmente escolher uma área em que se está visitando e conhecer restaurantes locais. Recomenda-se contar com conselhos de moradores e comerciantes locais.

E aí, já deu fome?

guiness tour

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.