• Menu
  • Menu

As desculpinhas preferidas dos irlandeses

Irlandeses são amigáveis por natureza, como pode ser observado em quase todo pub do país, mas isso não os exime de inventar desculpinhas para escapar de situações sociais indesejáveis. Evitar confronto a todo e qualquer custo é uma convenção social, o que torna os irlandeses extramamente modestos e notórios por, entre outras coisas, não aceitar elogios. Pensando nisso, a marca Lyons Tea realizou uma pesquisa para identificar as desculpas mais usadas pela população. Eis a lista:

  1. Fingir dor de cabeça (34%)
  2. Fingir que não pode sair porque não encontrou uma babá para as crianças (16%)
  3. Admitir que vai tomar algumas pints, mas que vai para casa em breve

Cabem aqui algumas explicações. A Irlanda é o país com a maior taxa de natalidade na Europa – 14,9 bebês para cada mil habitantes, em dados de 2015 (a média do continente é de 10,1). E mesmo casados e com filhos, irlandeses não deixam de sair regularmente. Isso leva à explicação para a terceira desculpa mais usada: é comum cada irlandês ter um pub para chamar de seu, o qual utiliza com frequência, o que não configura necessariamente uma “saída” em uma sexta-feira, por exemplo.

A pesquisa ainda revelou que mais de três quartos dos irlandeses não mandam devolver o prato quando o pedido vem errado no restaurante, um dado que mostra o quanto evitar confrontos e desconforto é uma regra cultural. Afinal, trata-se do país que cunhou o termo “Irish Exit”, o que significa ir embora de uma festa ou evento sem comunicar a qualquer um dos presentes.

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

1 comment