• Menu
  • Menu
agências de intercambio

Por que agências de intercâmbio estão fechando

Agências de Intercâmbio são o meio encontrado por muitos brasileiros interessados em ter uma vivência no exterior, investir em fluência em uma segunda língua e buscar oportunidades ou educação de ponta. Mas além de catalisar essas expectativas, elas são, antes de mais nada, companhias que precisam ser bem administradas com a seriedade que cada cliente merece. E volta e meia isso não acontece em terras brasileiras.

Infelizmente, tem sido comum encontrar no noticiário exemplos de agências de intercâmbio que fecharam as portas, deixando estudantes na mão. Nos casos mais graves, a falência ocorre e os estudantes só se dão conta quando chegam ao país de destino e percebem que o curso não foi pago. O episódio mais conhecido ocorreu em 2013, quando 410 brasileiros ficaram desemparados para período de estudo em Dublin, na Irlanda.

Desde então, outros problemas foram registrados. Só nos últimos meses, uma agência em São Carlos faliu, com quatro estudantes prejudicados; e outra com sede em Caxias do Sul, mas que atuava com clientes de todo o Brasil, fechou as portas sem dar explicações. Ambos viraram caso de polícia, com investigações criminais por suposto estelionato.

Por que isso ocorre e como se prevenir? A Enjoy Intercâmbio explica.

  • Pagamento parcelado

Entre as principais explicações para o fechamento de agências de intercâmbio está a crise financeira que abateu o Brasil nos últimos anos. Um aspecto tem destaque: o pagamento parcelado. Ele pode gerar prejuízos enormes para as agências se elas não tiverem os devidos cuidados.

Isso acontece porque a agência é uma facilitadora de estudos: ela entra em contato com as escolas no exterior, fecha os pacotes de aulas para o cliente e media o pagamento. O problema é que as escolas cobram em moeda local (euro, dólar, libra, etc). E o valor da moeda internacional varia quase que diariamente, devido ao câmbio flutuante.

Ou seja, o curso vai ter um valor fixo em, por exemplo, euros, mas o valor do euro vai variar bastante. Uma escola que parcela o pagamento em dez vezes corre o risco de, em dez meses, ver o euro encarecer sem poder alterar o valor das parcelas. E o prejuízo acaba por ser repassado para os próximos clientes, criando um efeito bola de neve.

  • Pagamento em moeda local

Como a Enjoy Intercâmbio se protege disso? O valor apontado para os cursos é sempre calculado na moeda do destino desejado pelo cliente. A conversão é feita na hora, com os consultores. E, a parti daí, o cliente que efetua o pagamento vai fazê-lo de acordo com a cotação do câmbio no dia combinado. A depender das mudanças, o valor pode ficar até mais barato.

  • E os descontos?

Em um sistema desse, os descontos parecem ser impossíveis se uma agência quiser manter a responsabilidade financeira, certo? Para a Enjoy Intercâmbio, isso é possível pela parceria feita com algumas escolas. Isso porque a Enjoy foi recordista de venda de cursos para instituições na Irlanda, Reino Unido e Malta, o que fez com que ela recebesse ofertas especiais.

Esse desconto, então, é repassado para o cliente, que tem condições de economizar no valor real do curso.

  • Segurança financeira

Para quem foi passado para trás por alguma agência que faliu, resta buscar seus direitos pelos meios legais. Há uma série de reclamações em sites como Reclame Aqui, mas também registros de gente que procurou o Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) e que registrou boletim de ocorrência em delegacias de polícia.

A Enjoy Intercâmbio está protegida diante do improvável evento de problemas para honrar os compromissos. Isso porque, apesar de trabalhar com o público brasileiro, a agência está registrada na Irlanda e, com isso, conta com seguro governamental. A cobertura é de até € 1 milhão, de modo que os clientes serão devidamente ressarcidos se assim for necessário.

  • Cuidado e não desista!

São essas as origens do problema e os principais pontos que levaram agências de intercâmbio pelo Brasil a fechar as portas e prejudicar o sonho de centenas de pessoas nos últimos anos. O importante é tomar as precauções necessárias e não desistir do sonho de ter uma experiência internacional, a fluência em outra língua e buscar oportunidades.

[button link=”https://www.enjoyintercambio.com/orcamentos/” (target=”_blank”) (size=”medium”) (style=”outline”)]Gostou do que viu? Solicite seu orçamento[/button]

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.