• Menu
  • Menu

A Irlanda literária

Se há algo que fez a Irlanda se destacar ao redor do mundo para além do St. Patrick’s Day e a cervejaria Guinness é sua tradição literária, um sucesso improvável uma vez que a língua original é o gaélico, depois deixado de lado pela imposição britânica ao inglês. Na língua de seus dominadores, os irlandeses promoveram algumas das mais ricas produções, em autores como James Joyce, Oscar Wylde, W.B. Yeats e Samuel Beckett.

Se você se encanta com o mundo da literatura, vale a pena tirar um tempo para vive-la pela ilha toda. Há roteiros a serem seguido e lugares a serem visitados para conhecer e aproveitar mais essa excelente tradição irlandesa. Veja quatro exemplos.

1. Dublin por James Joyce
Ulysses, de James Joyce, é considerado uma das obras-primas da literatura no século XIX. Inspirada na Odisséia, de Homero, conta a aventura de um homem que sai de casa de manhã para cumprir alguns afazeres. O livro corre durante um dia na vida de Leopold Bloom. Há algumas opções para celebrar essa obra, visto que ela se passa em Dublin. Uma das mais legais é a Martello Tower, uma torre antiga com vista para o mar ao sul da cidade onde Joyce na verdade morou por um tempo.

2. St. Patrick’s Cathedral
Além de ser um local muito bonito e normalmente aberto a turismo, é também o local onde Jonathan Swift viveu parte de seus dias, na posição de deão, um administrador da vida doméstica dos clérigos. Ali, sua obra floresceria. É também o local onde está enterrado. Swift ficou conhecido mundialmente por ser o autor de As Viagens de Gulliver, obra na qual um viajante se depara com uma ilha onde as pessoas são minúsculas e ele é imediatamente tomado como gigante e uma ameaça.

A photo posted by Danilo Vital (@danilocvital) on


3. Condado de Sligo
Com Sligo como capital e base, pode-se visitar diversas paisagens deslumbrantes que acabaram por inspirar boa parte da obra do poeta W.B. Yeats, poeta vencedor do Nobel de Literatura e autor de poemas famosos como “Leda e o Cisne” e “A Coat”. Locais a serem observados: Lough Gill, Glencar Lake, Ben Bulben Mountain e Maeve’s tomb.


4. Narnia na Irlanda do Norte
C.S. Lewis nasceu em Belfast, na Irlanda do Norte, mas foi no condado de Down que tirou a inspiração para as fantásticas áreas que habitam Nárnia, de dentro do armário na obra que foi adaptada ao cinema: As Crônicas de Nárnia. Especialmente as Mourne Montains, com suas paisagens especiais.

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.