• Menu
  • Menu

Governo britânico avalia o peso da educação no cenário econômico

Além de mudar a vida de milhares de estudantes, o universo do intercâmbio movimenta o setor turístico, profissional e educacional de muitos países. Um recente documento divulgado pelo Departamento de Educação do Reino Unido comprova que esse mercado pode trazer benefícios não só para o intercambista em si, mas também para o país o qual ele escolhe. De acordo com o relatório, o intercâmbio de estudantes internacionais e a educação transnacional representam aproximadamente 19 bilhões de libras à economia anual do país. O setor mais promissor é o da educação universitária e acadêmica, que representou quase 13 bilhões de libras somente em 2014.

O documento analisa dados de 2010 a 2014, mas, de acordo com a plataforma The PIE News, pode estar incompleto, revelando um cenário ainda mais promissor para o setor. De acordo com um palestrante da Nottingham Trent University, o relatório amplia o entendimento sobre o valor da educação internacional para a economia do Reino Unido, mas está longe de retratar a realidade. Apesar do cenário impreciso, contudo, os dados já divulgados são favoráveis aos estudantes que pensam em fazer intercâmbio no país.

O setor educacional cresceu significativamente no decorrer de quatro anos e a interação entre estudantes europeus e não europeus é o fator que está levando as estatísticas para o alto. Considerando sua notável representatividade econômica, é bem provável que o governo britânico planeje expandir ainda mais os investimentos no setor educacional. E quem mais sai lucrando são os intercambistas que sonham em ter o Reino Unido como destino.

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.